FACEBOOK
CONTATO
FEED
YOUTUBE
TWITTER
LINKEDIN
EnglishFrenchGermanSpainItalianRussian

TÉCNICAS PARA VIAGEM ASTRAL

Print Friendly and PDF


Método da Sede:


Esta técnica, que é mais adotada do que pode parecer, consiste em ir com muita sede para a cama. Coloque um copo com água do outro lado do quarto, como motivação. Deite-se, relaxe e visualize-se saindo do corpo para tomar um gole de água. Imagine o frescor da água, e como seria bom matar a sede com ela. Com isto, você encorajará seu corpo astral a se separar do físico, para beber a água (na verdade, quando sair do corpo você poderá ir para onde quiser, já que não vai poder beber a água, mesmo).

Algumas pessoas gostam desta técnica. Outras a acham fisicamente desconfortável, e nesses casos a sede pode atrapalhar ainda mais a saída.


Método do Segundo Corpo:


Depois de deitar e relaxar, visualize um duplo de seu corpo, parado à sua frente. Imagine um corpo de luz. Concentre-se nele por um tempo, vizualizando-o mais forte e sólido possível. Neste ponto, comece a tentar transferir sua consciência para o corpo de luz. Você pode começar tentando sentir-se como se já estivesse no corpo de luz, desassociando-se do corpo físico. Esforce-se para mudar seu ponto de vista, de forma que você não se sinta mais dentro do corpo físico, mas sim ocupando esse
corpo que você criou. Quando sentir que possui suficiente controle sobre ele, tente mover-se, e andar. Isto poderá levar a uma projeção.


Método hipnagógico


O estado hipnagógico pode ser descrito como o estado entre o sono e a vigília, onde imagens e sons espontâneos começam vir rapidamente a nossa cabeça, cada um deles permanecendo uns poucos segundos lá. Permanecemos ainda semi-conscientes, nesse estado, de forma que é possível induzir uma projeção, a partir dele. Para perceber quando chega este estado, Monroe sugere que você deite e mantenha um antebraço levantado, encostando o cotovelo na cama. Assim que você começar a cair no sono, seu antebraço cederá naturalmente, caindo sobre a cama, e isto servirá para sinalizar você de que já está no estado hipnagógico.
Passe a se concentrar nas imagens que estiverem se formando na sua mente, e tente transformar uma delas, ou uma cor, forma, etc., em um portal por onde você possa começar sua projeção. Transforme-as em túneis, janelas, portas ou imagens 3-D nos quais possa entrar, e use-as como porta para o astral.


Método da Corda:


Este é bem antigo. Visualize uma corda descendo do teto, bem sobre o centro de seu corpo. O famoso projetor Robert Bruce sugere que você não tente ver a corda. Imagine-se apenas subindo por ela no escuro, de forma que você apenas sinta o que está fazendo, sem ver.
Pode ser que você sinta sensações musculares, nos braços e no tórax do corpo físico, devido a estar imaginando os movimentos. Tente não se concentrar nestas sensações, mas sim na subida que você está fazendo em corpo astral. Quando se sentir fora do corpo, tente manter a calma e pense em se dirigir para algum lugar específico, longe do corpo físico.


Método do Sonho Lúcido:


Esta é para você se projetar a partir de um sonho lúcido. Assim, a técnica na verdade é mais para criar um sonho lúcido do que para preparar-se para uma projeção.
É muito fácil se projetar a partir de um sonho lúcido - basta desejar se projetar.

Métodos para induzir um sonho lúcido:

1) Por várias vezes ao longo do dia, acordado, olhe para seu relógio, veja as horas, desvie o olhar e volte a olhar o relógio, perguntando a si mesmo se está sonhando. Este hábito poderá então se repetir durante um sonho, só que no sonho a hora no relógio vai mudar de forma estranha, entre uma olhada e outra, ou os números ficarão meio 'dançantes', distorcidos ou ilegíveis. Caso isto aconteça e você se conscientize de que está sonhando, diga a si mesmo para iniciar uma projeção astral.

2) Castaneda ensina o famoso método de olhar para as mãos, que inspirou o método do relógio, mostrado acima. Nele, você simplesmente olha para as mãos, várias vezes ao dia, pensando em olhar para elas também quando estiver sonhando. É possível que você realmente acabe olhando para as mãos, num sonho (não é tão difícil como parece), e então você perceberá que está sonhando, pois suas mãos provavelmente vão estar diferentes das mãos que você tem no físico (mais translúcidas, dedos mais moles e longos...).
Muitas vezes, nem vai ser preciso olhar realmente para as mãos: o simples fato de querer olhar para elas, dentro do sonho, já vai lhe dar a noção que você está em viagem astral.

0 Comentários: