FACEBOOK
CONTATO
FEED
YOUTUBE
TWITTER
LINKEDIN
EnglishFrenchGermanSpainItalianRussian

Canibais de Garanhuns: vítimas torturadas e esquartejadas

Print Friendly and PDF



O caso que vem chocando o Brasil está dando o que falar, afinal não é nada comum humanos serem devorados por humanos, o que resulta em canibalismo.

Entenda o caso:
Os restos mortais de duas mulheres assassinadas em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, pelo trio investigado de homicídios e ocultação de cadáveres, foram liberados no último sábado (14) pelo Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife. De acordo com o IML, a identificação foi confirmada pelos parentes das vítimas. Um dos corpos já foi enterrado no município de Palmeirina, também no Agreste.

Os restos mortais foram encontrados pela polícia, na última quarta-feira (11), enterrados na casa onde viviam um homem de 50 anos e duas mulheres, de 23 e 52 anos. Os três suspeitos foram presos e confessaram os crimes. As duas mulheres estão detidas na Colônia Penal Feminina de Buíque, no Agreste. O homem foi transferido para um presídio no Recife.

O delegado Wesley Fernandes, responsável pelo caso, informou que não irá se pronunciar até a conclusão dos trabalhos. A polícia tem dez dias para concluir o inquérito, a partir da prisão dos suspeitos, mas o prazo pode ser prorrogado.

Paternidade:
Na sexta-feira (13), duas pessoas se apresentaram à polícia como parentes da menina de cinco anos que vivia com o trio. Segundo a juíza da Vara Regional da Infância e da Juventude do município, Karla Peixoto Dantas, eles prestaram depoimento e deixaram material para a realização de testes de DNA, cujo resultado está previsto para ser divulgado em 20 dias.

Enquanto isso, a criança permanece em uma instituição de acolhimento em Garanhuns.

“A lei prioriza que ela seja entregue à família extensa. Estamos todos empenhados em tentar localizar os parentes. Só se não houver comprovação de parentesco é que ela será inserida no cadastro nacional de adoção. Família substituta não é prioridade, esse não é nosso objetivo”, esclareceu.

A juíza explicou que duas certidões de nascimento foram encontradas. Ambas informam pais e avós diferentes. Em uma delas, o suspeito é apontado como o pai. De acordo com investigações policiais, a menina seria filha de uma mulher assassinada pelo trio em Olinda, no ano de 2008. Uma das suspeitas assumiu que usava o nome dessa mulher e dizia que a criança era filha dela.

Entenda o caso:
Os suspeitos de cometer a barbárie formam um triângulo amoroso composto por um homem e uma mulher de 52 anos, que seriam casados, e uma jovem de 23. Em depoimento à Polícia Civil, eles disseram que usavam carne humana para produzir salgados, que eram vendidos à população e servidos como refeição, inclusive para a criança. Os suspeitos ainda confessaram guardar parte dos corpos das vítimas na geladeira.

De acordo com a polícia, os suspeitos falaram que faziam parte de uma seita, que pregava a purificação do mundo e a diminuição populacional. A meta seria matar três mulheres por ano. O homem suspeito de comandar o trio nos assassinatos fez um livro, ilustrado e registrado em cartório, onde conta detalhes dos crimes e da vida dele. Nas páginas, há informações de que ele era formado em Educação Física e faixa preta em caratê.

A polícia começou a desvendar o crime quando encontrou os restos mortais das mulheres na residência deles. Um dos dois corpos seria de uma mulher desaparecida desde fevereiro; o outro, de uma mulher de 20 anos, que sumiu no dia 15 de março.

Depois de as famílias das vítimas prestarem queixa, a polícia localizou o trio quando uma fatura de cartão crédito chegou à casa de uma das vítimas. Imagens das câmeras de segurança de lojas onde as compras foram efetivadas mostravam os suspeitos.

As vítimas também teriam sido vistas perto da casa dos investigados antes de desaparecerem. A polícia conseguiu mandados de prisão e de busca e apreensão e, ao ser abordada, uma das mulheres teria assumido os crimes e revelado o local onde os cadáveres estavam enterradas. Segundo a polícia, a menina de cinco anos que morava com o trio testemunhou os crimes cometidos na casa. Em depoimento, ela contou que o pai teria cortado o pescoço das vítimas.

Informações do G1.


Na casa onde os suspeitos viviam foram encontrados vídeos caseiros em que Jorge Beltrão e Isabel Pires aparecem contracenando em cenas macabras, incluindo assassinatos e canibalismo. O material, com 53 minutos, foi entregue por moradores a um jornalista da Folha de São Paulo, no final de semana.





O conteúdo teria sido produzido há mais de dez anos, pois os suspeitos aparecem bastante jovens. Nas cenas do filme Espírito, Isabel, que se chama Hellen, aparece atormentada pelo espírito do marido. Em parte das imagens, ela recebe a visita de um amigo, que pede algo para comer. Quando ela vai à cozinha pegar a comida, é atacada por ele com um facão, tem um dos olhos arrancados e devorados pelo homem.

Os vídeos ainda não foram entregues à polícia.

Os conteúdos macabros não estão restritos apenas a vídeos. Livros produzidos por Jorge Beltrão estão sob análise. Um deles, Diário de um esquizofrênico, contém ilustrações e relatos de crimes cometidos contra supostas vítimas.


Com informações do Diário de Pernambuco.


Novos ví­deos dos canibais de Garanhuns




E mais alguns vídeos sobre o assunto:






Novidades do caso dos Canibais de Garanhuns - A Polícia Civil localizou nesta sexta-feira (20), em João Pessoa (PB), a empregada doméstica que seria contratada para trabalhar na casa do trio suspeito de canibalismo em Garanhuns (PE). O nome da mulher chegou a ser citado no diário de uma das supostas canibais e a polícia acreditava que ela estava morta. A mulher já prestou depoimento.

Ainda no Estado paraibano, serão feitas escavações, na próxima semana, nos dois imóveis onde a família suspeita de canibalismo morou em 2008 na cidade de Conde. A determinação é da polícia local.

Ainda nesta sexta-feira, a polícia pernambucana disse que retomou as escavações em uma casa em que morava o trio em Garanhuns, no agreste pernambucano, devem ser retomadas na manhã desta sexta-feira (20). Os trabalhos com a ajuda de uma retroescavadeira começaram na quinta-feira (19).

Segundo a polícia, existe a suspeita de que o corpo de uma criança esteja enterrado em um quarto da casa.

A suspeita surgiu após os investigadores lerem parte do diário apreendido junto com os suspeitos. No caderno, eles afirmam ter enterrado o corpo de uma criança no imóvel.

Também nesta sexta-feira, a polícia deve realizar buscas em uma casa em que o trio teria morado, em 2008, em Olinda, na região metropolitana do Recife.

Investigadores dizem acreditar que no local pode estar enterrado o corpo de uma jovem de 17 anos, que seria a primeira vítima do trio suspeito de canibalismo.

Ao todo, os suspeitos teriam confirmado o assassinato de oito mulheres. Quatro teriam sido mortas em Olinda, uma na Paraíba e três em Garanhuns. A primeira vítima do trio teria sido assassinada em 2008.

Além da polícia de Garanhuns, o Departamento de Homicídios do Recife e a polícia da Paraíba também investigam os crimes supostamente cometidos pelo trio.

No último fim de semana, os corpos de Gisele da Silva, 31 anos, e de Alexandra da Silva Falcão, de 20 anos, encontrados na casa onde o trio morava, foram sepultados em Garanhuns e em Palmerinda.

De acordo com a polícia, as vítimas eram atraídas pelos suspeitos com a proposta de emprego para serem babás da criança.

O trio teria ainda afirmado em depoimento à polícia que usava parte dos corpos das vítimas para rechear salgados, como coxinhas e empadas. A informação foi confirmada pelo delegado responsável pelas investigações em Garanhuns, Weslei Fernandes. O delegado contou que os criminosos escolhiam as mulheres que acreditavam ser “pessoas más” para virarem suas vítimas.



FONTES: http://www.alagoinhasnoticias.com.br/16426/canibais-de-garanhuns-vitimas-esquartejadas-e-torturadas-em-garanhuns/
http://www.alagoinhasnoticias.com.br/16503/canibalismo-novidades-do-caso-dos-canibais-de-garanhuns/
http://www.bomjardimpe.com/2012/04/divulgados-trechos-de-filme-caseiro.html
http://videoblax.blogspot.com.br/2012/04/filme-canibais-garanhuns.html





Livro do canibal Jorge NegromonteLivro de Jorge Negromontecanibais garanhunscanibais de pernambucocanibais
canibais de garanhuns pernambuco
desenhos de jorge negromontelivro e desenhos do canibal jorge beltrao negromontedesenhos de jorge beltrao negromontecanibalCANIBAIS GARANHUNSCANIBAIS

0 Comentários: