FACEBOOK
CONTATO
FEED
YOUTUBE
TWITTER
LINKEDIN
EnglishFrenchGermanSpainItalianRussian

A Bíblia Satânica - Anton Szandor LaVey

Print Friendly and PDF


image
Conhecido como “O Papa Negro” por muitos de seus seguidores, Anton LaVey começou seu caminho para o Alto Sacerdócio da Church of Satan (Igreja de Satan) quando tinha 16 anos e era tocador de órgão em um parque de diversões:

"No Sábado à noite eu via homens que desejam as garotas seminuas que dançavam no parque, e no domingo pela manhã quando eu estava tocando órgão para a barraca dos evangelistas no outro extremo do parque, eu via estes mesmos homens se sentarem nos bancos da igreja com suas esposas e filhos, pedindo para que Deus os perdoasse e os limpá-se de seus desejos carnais. E na próxima noite de sábado eles sempre voltavam para nossas meninas ou para algum outro local de indulgências”.

“Eu soube então que a Igreja Cristã prospera em hipocrisia, e a natureza carnal daquele homem sempre existirá!”.

Desde então o caminho de sua vida estava claro. Quando finalmente em uma noite de abril, 1966 - Walpurgisnacht, o festival mais importante dos praticantes de bruxaria - LaVey raspou a cabeça e oficialmente anunciou a formação da Church of Satan. Ele tinha visto a necessidade de uma igreja que recapturaria o corpo de homem e seus desejos carnais como objetos de celebração. "A adoração dos aspectos carnais produz o prazer", ele disse "que haja então um glorioso templo de indulgências...”.

MORBITUS BOOKS BRASIL

Prefacio da Edição Brasileira

Esta é uma tradução totalmente não oficial. O documento que tens agora em mãos é a Bíblia satânica em sua versão integral feita a partir da tradução do inglês para o português  de Lord Ahriman. Esta nova versão trás a correção de alguns capítulos, algumas coisas novas, como as chaves enoquianas completas e as notas de Rodapé, bem como toda uma revisão do texto. Foram adicionadas também imagens idênticas a do livro para maior familiaridade.

Salve Satan!

Morbitus Vividus, Brasil

A Bíblia Satânica- Anton Szandor LaVey - Traduzido por Morbitvs Vividvs.pdf

0 Comentários: