FACEBOOK
CONTATO
FEED
YOUTUBE
TWITTER
LINKEDIN
EnglishFrenchGermanSpainItalianRussian

MÚLTIPLOS DE VINTE E QUATRO por natanael gomes de alencar

Print Friendly and PDF



Sua mão direita cheia de cimento branco. 
Saltava daquele monturo, esperando ajuda.
Sua mão esquerda, quando a usava, nunca tão usada fora como a sua mão direita.
Enquanto não a tiravam do monturo, ele, o Homem, apareceu.

Segurou aquela mão da vitimada, primeiro em espírito solidário, depois, com amor desgastado.
Quando, vinte e quatro horas depois, ela foi resgatada, marcaram encontro.
Combinaram se conhecer no sentido bíblico para dali a vinte e quatro horas.
Bem, quarenta e oito horas mais tarde, casaram.
Cento e quarenta e quatro horas depois, morreram num transatlântico por excesso de posições sexuais num campeonato de Kama Sutrolímpica.
A polícia encontrou cento e noventa e dois exemplares do Kama Sutra ao lado dos corpos que formavam um só bloco, atravessados um no outro: posição Vento em Popa.

0 Comentários: