FACEBOOK
CONTATO
FEED
YOUTUBE
TWITTER
LINKEDIN
EnglishFrenchGermanSpainItalianRussian

O CORPO

Print Friendly and PDF



Aquele corpo sempre aparecia naquela banheira.
Bastava ele enchê-la.
Desde que se mudara, acontecia aquele fenômeno.
Ele, de início, tivera medo.
Pensara estar vendo coisas.
Deixou o LSD, a cocaína, a maconha, o absinto, o cigarro e abandonara até a mania de roer as unhas.
Mas o corpo continuou a aparecer, a cada vez que ele enchia a banheira.

0 Comentários: