FACEBOOK
CONTATO
FEED
YOUTUBE
TWITTER
LINKEDIN
EnglishFrenchGermanSpainItalianRussian

TERROR DE MÚSICA

Print Friendly and PDF



De onde estava vindo aquela música?

Saiu de casa para olhar e viu a música avançar na sua direção juntamente com uma sombra.

Avançava tão lentamente. E ele estava tão bêbado.

A música ia matando pelo caminho, isso ele percebeu. Todos iam morrendo em êxtase. Viu seu cachorro ser tragado. O filho. A filha. A mulher. A mãe. O pai.

Nas ele não queria morrer. Mesmo em êxtase. Mesmo bêbado.

Foi até seu carro. Pegou um atalho para a estrada marginal que o levaria pra bem longe daquela cidade.

Num cruzamento de rodovias, percebeu que não tinha gasolina suficiente para ir muito longe.

Sorte que sabia onde tinha um posto perto dali.

Apalpou o bolso com medo de não estar com o cartão de crédito.

Não estava no bolso da camisa. Verificou o bolso direito da calça. Estava lá. Ufa.

Pediu pra encherem o tanque. Queria avisar sobre a música que chegava. Mas tinha medo que um pânico eventual paralisasse o trânsito.

Ele, que antes adorava música, deixava nascer em si uma fobia instantânea quanto a sons. Arrancou o aparelho de som do carro com toda a fúria. Ninguém no posto entendeu.

E estava tão bêbado. Será que a música o pegaria antes de rolar em um barranco?

Outras músicas se faziam ouvir adiante. Como distinguir a música à frente da música mortal atrás de si?

0 Comentários: