FACEBOOK
CONTATO
FEED
YOUTUBE
TWITTER
LINKEDIN
EnglishFrenchGermanSpainItalianRussian

ELES VIVEM (THEY LIVE - 1988)

Print Friendly and PDF


Eles Vivem é um filme americano de ficção científica, de 1988, dirigido por John Carpenter. O filme segue um andarilho sem nome, referido como (John) "Nada", que descobre a classe dominante de extraterrestres que de fato gere assuntos sociais humanos através do uso de um sinal em cima da transmissão de TV, escondendo sua aparência e mensagens subliminares em meios de comunicação.

Enredo:

Um andarilho sem nome, desempregado, conhecido como "Nada" (Roddy Piper) encontra trabalho numa construção em Los Angeles, e faz amizade com, seu companheiro de trabalho, Frank Armitage (Keith David), que o leva para um local de desabrigados. Nada percebe atividades estranhas ao redor da igreja: um pastor cego convoca os outros a despertar, um helicóptero da polícia os vigia constantemente, e um vagabundo sem-abrigo (George Buck Flower) queixa-se quando o sinal de TV é constantemente interrompido por um homem barbudo informando sobre quem está no poder. Nada descobre que a igreja é uma fachada: o coral é na verdade uma gravação de áudio ao lado de aparelhos científicos, enquanto caixas de papelão enchem a sala. Nada encontra uma caixa escondida na parede, mas escapa quando o pregador chega deixando-a. À noite, a polícia arrasa a favela e ataca seus habitantes em fuga. Nada retorna na parte da manhã encontrando a igreja vazia, e adquire a caixa escondida intocada. Em um beco, ele a abre e encontra negros óculos de sol. Nada descobre os óculos de sol são especiais; olhando através deles ele vê a realidade do mundo sombrio que o rodeia. Os meios de comunicação e publicidade, na verdade, contêm comandos totalitários de obediência e conformidade em
consumismo, para controlar uma população humana inconsciente. Muitos com autoridade e riqueza são humanóides alienígenas com grotescas faces. Em uma loja Nada confronta uma mulher estranha que, então, fala em seu relógio de pulso notificando os outros sobre ele. Dois policiais alienígenas apreendem Nada mas ele os mata, levando suas armas e acabando em um tiroteio contra alienígenas em um banco, enquanto um deles desaparece usando seu relógio de pulso. Nada escapa, destruindo uma câmera alienígena flutuante e levando a diretora-assistente Holly Thompson (Meg Foster) com refém. Em sua casa, Nada tenta convencê-la da verdade, enquanto que sofre uma dor de cabeça por causa dos óculos. Em vez disso, Holly empurra-o através de sua janela e chama a polícia. Nada desaba e foge, deixando seus pertences para trás.

Nada retorna ao beco e salva a caixa de óculos de sol de um caminhão de lixo. Frank encontra-o para entregar-lhe o seu salário, mas diz para Nada, agora é um homem procurado, que fique longe. Nada se envolve em uma briga com Frank para fazê-lo usar os óculos. Depois que ele finalmente faz e vê a verdade, os dois alugam um quarto de hotel para discutir sua situação. Gilbert (Peter Jason), um membro da favela, notifica-os sobre uma reunião secreta com outros ativistas. São dados a Nada e Frank lentes de contato para substituir os óculos. Eles aprendem com a transmissão do homem barbudo que a Terra está no controle de aliens que estão esgotando seus recursos e causando o aquecimento global antes de passar para outros planetas. Os aliens usam um sinal para se camuflar, destruindo sua fonte vai permitir que todos na Terra possam ver sua verdadeira forma. A Frank é dado um relógio de pulso alienígena, um rádio e complexo dispositivo de teletransporte. Holly aparece, para aparentemente se juntar a causa antes de pedir desculpas a Nada. No entanto, a polícia de repente ataca a reunião, matando qualquer um à vista, enquanto Nada e Frank estão encurralados lutando para escapar. Frank acidentalmente abre um portal temporário através do qual os dois saltam em uma rede de passagens subterrâneas.

Os dois encontram os alienígenas em um grande salão de comemoração com sua elite de colaboradores humanos.

O vagabundo sem-teto de antes, agora um colaborador bem-vestido, acredita que os dois deviam ser colaboradores também. Ele leva-os em uma excursão pelas passagens, reservadas para a sociedade extraterrestres, incluindo um porto espacial. Uma nova passagem leva ao porão da estação 54, a fonte do sinal. Os dois, então, lançam um ataque através do prédio para encontrar a emissora no telhado, antes de encontrar Holly e levá-la junto. Nada sobe para a emissora de sinal, disfarçada como uma antena parabólica, Holly mata Frank. Revela-se uma colaboradora, ela convence Nada a parar com o ataque a um helicóptero da polícia alienígena. Nada a satisfaz, largando a arma, mas depois recupera uma pistola escondida em sua manga e a mata. Ele atira e destrói a emissora antes de ser morto pelos extraterrestres, dando-lhes o dedo como seu último gesto. Com o sinal destruído, os seres humanos descobrem os alienígenas em seu meio.

Traduzido por:
LIZZA BATHORY
LIZZA BATHORY
Blogueira no blog O Submundo
elizabeth.bathory.ce@gmail.com
Confira mais textos desta autora clicando aqui


Confira o original em They Live


O que o NERD MALDITO diz sobre esse filme:

História:

Uma série de transmissões ilegais começa a surgir na televisão com um homem falando sobre uma ameaça na terra que controla a todos. Logo um homem descobre uma caixa com óculos que quando colocados, fazem com que ele veja a verdadeira face de várias pessoas, elas parecem criaturas de um outro lugar, não bastando isso, todas as propagandas da cidade tem mensagens como "Compre" "Conforme-se" "Assista TV" "Não resita".

Sobre o filme:

Sabem às vezes eu me pergunto se o John Carpenter tem algum tipo de problema, sei la, não dá pra saber se o cara é um gênio ou um baita de um sortudo, porque ele conseguiu fazer coisas espetaculares como O enigma de outro mundo, e ao mesmo tempo fez um dos filmes mais clichês e decepcionantes de vampiros que já vi na vida, que foi o Vampiros de John Carpenter. Mas em Eles Vivem, as coisas foram diferentes, ele mostrou os dois lados dele, o de péssimo e fodão.

A história do filme é simplesmente incrível e os viciados em teorias da conspiração e que não param de falar sobre os illuminati devem ter orgasmos só de começar a assistir, isso porque o filme é uma enorme conspiração.

Os seres disfarçados tem o controle sobre o mundo inteiro, existe mensagem subliminar em tudo e os próprios milionários se venderam. O filme faz pensar muito sobre "Será que valeria a pena lutar?". Os caras já tem o planeta todo, então por que lutar contra eles ao invés de vender sua raça e viver bem sua vida com muito dinheiro? Realmente um universo sombrio é criado, é muito interessante, te faz ficar pensando que eles estão lá fora, estão entre nós e não sabemos, somos apenas gado.

O grande problema do filme é como ele é conduzido, o personagem principal é um musculoso de jeans e camisa xadrez com um cabelo liso que vai até os ombros e assim que descobre, o que ele faz? Pega uma escopeta e sai atirando em todos, começa a xingar igual um retardado um dos seres mostrando que ele consegue os ver. Que tipo de retardado faria isso? Quebra muito do clima do filme as atitudes "Sou o macho!" que o personagem tem. É uma história sofisticada que é destroçada pela presença do Rambo.

Enfim, apesar do personagem tosquíssimo, a ideia do filme foi espetacular então vale demais a pena assistir, é um filme muito bom que infelizmente não vejo sendo falado por aí.

0 Comentários: