FACEBOOK
CONTATO
FEED
YOUTUBE
TWITTER
LINKEDIN
EnglishFrenchGermanSpainItalianRussian

FILHOS DO DESERTO – Sons of the Desert

Print Friendly and PDF


Filme produzido no ano de 1933. Oliver (Oliver Hardy) deseja participar da Convenção Anual dos Filhos do Deserto e, para que isso aconteça, finge estar doente e pede para um médico, que na verdade é um veterinário, prescrever uma viagem para o Havaí. Junto com um amigo enganam suas esposas dizendo que vão para um cruzeiro medicinal quando na realidade comparecem à convenção. Após um tempo descobrem que o navio onde eles disseram que estariam, afundou. Os dois ficam em pânico, se escondendo quando suas esposas aparecem em busca de notícias sobre sobreviventes. O que eles temiam acontece, quando suas esposas lêem em um jornal notícias sobre a convenção e vêem uma foto dos dois na reunião. Eles aprendem que a honestidade é o melhor negócio.


"Filhos do Deserto" é, sem dúvida, a melhor comédia da dupla Oliver Hardy & Stan Laurel (O Gordo e o Magro). Muito bem dirigido por William A. Seiter, o filme é realmente delicioso, criativo e com gags engraçadíssimas. É difícil estimar quanto do sucesso do filme se deve a ele.

No elenco, a dupla está magnífica, com ênfase para Stan Laurel, que brilha da primeira à última cena. Merecem ainda destaques, as ótimas atuações de Mae Busch, Dorothy Christy e Charley Chase.

Enfim, "Filhos do Deserto" é um ótimo programa para quem está a fim de dar umas boas risadas e
aliviar suas tensões.

Download:
Este filme é de domínio público.

http://torrents.thepiratebay.org/3686633/Laurel___Hardy_-_Sons_of_the_Desert.3686633.TPB.torrent


Enredo:
O filme começa em uma reunião dos Filhos do Deserto, uma loja fraternal (num estilo para se parecer com os Shriners - Ordem árabe antiga dos Nobres do Santuário Místico), da qual tanto Stan Laurel e Oliver Hardy são membros. A organização vai realizar sua convenção anual em Chicago em uma semana e todos os membros têm de tomar um juramento para participar. Stan está relutante em fazer o juramento, mas Oliver o incita a fazê-lo. Mais tarde, a caminho de casa, Stan explica sua relutância em fazer o juramento, ele está preocupado com que sua mulher não vá deixá-lo ir à convenção. Oliver tenta tranquilizar Stan dizendo que sua esposa não tem escolha a não ser deixá-lo ir, porque ele fez um juramento sagrado. Quando chega em casa Stan traz acidentalmente o tema da convenção. A esposa de Oliver não vai deixá-lo ir porque já tinha arranjado uma viagem à montanha para fazerem juntos (que Oliver tinha esquecido). Recusando-se a voltar no juramento que fez, Oliver finge uma doença para fugir da viagem com sua esposa. Stan arranja um médico (na verdade um veterinário) para prescrever uma viagem oceânica para Honolulu, com suas esposas ficando em casa. Stan e Oliver vão à convenção.

Mas então, como de costume em um filme como este, o destino se mostra cruel. Enquanto Stan e Oliver estão a caminho de casa a partir de Chicago, sua suposta embarcação vinda de Honolulu afunda em um tufão e suas esposas partem para os escritórios da empresa de transporte para descobrir alguma notícia sobre os sobreviventes. Stan e Ollie apenas descobrem o que aconteceu depois de voltar para casa e ver o jornal, enquanto suas esposas estavam fora.

Em pânico, eles se refugiam às pressas no sótão quando as esposas, e decidem acampar lá. Enquanto isso, as esposas vão cinema para acalmar seus nervos sacudidos... e elas acabam vendo um noticiário da convenção em que seus maridos estavam em lugar de destaque! Furiosas por terem sido enganadas, elas desafiam uma à outra para testar o caráter de seus maridos.

Quanto aos maridos, no seu acampamento no sótão fazem barulho alto o suficiente para atrair a atenção das mulheres e eles conseguem fugir da vista, escapando para o telhado. Stan quer voltar para casa e confessar-se à sua esposa, mas Oliver ameaça: "Se você descer, eu vou contar para Betty que eu peguei você a fumar um cigarro!"

Eles estão prestes a irem para um hotel para passar a noite, mas são parados por um policial que os leva para casa graças a Stan. Ao entrar em casa, dizem às mulheres sobre o naufrágio. Então, quando perguntados sobre como eles tinham conseguido chegar em casa um dia antes de o navio de resgate levando os sobreviventes, sua história começa a ruir, eles dizem que pularam fora do barco e foram "caminhando" até casa. Ollie ainda insiste que sua história é verdadeira: "É muito improvável não ser a verdade!" Mas Stan finalmente cansa-se e, chorando, confessa, apesar da ameaça mencionada anteriormente de Oliver. Stan diz à esposa sobre o tabagismo também, e por sua honestidade acaba enrolado em seu roupão no sofá, tomando vinho e comendo chocolates. A esposa de Oliver começa a quebrar toda a louça sobre sua cabeça. Stan retorna pela porta para comparar notas e diz a Ollie que sua esposa o deixou dar baforadas em um cigarro outrora proibido, e depois sai pela porta cantando "a honestidade é a melhor política!": Honolulu Baby. Ollie arremessa um vaso em sua cabeça, derrubando-o.





0 Comentários: