FACEBOOK
CONTATO
FEED
YOUTUBE
TWITTER
LINKEDIN
EnglishFrenchGermanSpainItalianRussian

INVOCAÇÃO DO ESPÍRITO AGILMA PARA CRIAR CHUVA

Print Friendly and PDF


Propósito

O objetivo do experimento é invocar o espírito AGILMA para criar chuva em poucas horas.

Duração da experiência

Todo o processo não vai demorar mais do que um quarto de hora.

Materiais necessários para o experimento

- 2 Velas, brancas ou azuis
- Um papel A4
- 1 marcador preto

Preparação

Desenhe o seguinte símbolo em papel A4 com o marcador preto.

Num corte contínuo recorte (circularmente) ao redor do símbolo do círculo.

Em seguida, coloque-o numa mesa com as velas, à esquerda e à direita do símbolo como na imagem abaixo:


Dicas

Memorize todo o processo para que você não tenha que olhar para as notas, pois isso pode distrai-lo retirando a concentração no experimento.

Desligue seu telefone celular para não ser interrompido na invocação.

Invocação

Encontre um lugar calmo em casa. Acenda as velas, e olhe para o símbolo e tome três respirações profundas.

Em seguida, olhe para cima e recite as seguintes palavras da magia suméria:
ZI KIA Kanpa
ZI ANNA Kanpa
ZI Dingir KIA Kanpa
ZI Dingir ANNA Kanpa

Em seguida, continue dizendo em voz alta:
Ouça AGILMA!
Vinde a mim, através do poder da palavra
MASHSHAYEGURRA e responda em breve a minha oração!
ZI KIA Kanpa
ZI ANNA Kanpa

Depois de baixe os olhos para o símbolo do espírito e o olhe por mais tempo (cerca de 10-15 minutos) visualizando na sua mente que vem chuva. Imagine as nuvens se juntarem, a chuva cair forte atingindo o solo, também tente ouvir na sua mente o som que faria a chuva ou um trovão. O espírito desta forma toma a imagem de seu pensamento e obtém instruções sobre o que fazer.

Depois de passar um tempo com o passo acima, agora você pode terminar a invocação com as seguintes palavras:
ZI Dingir KIA Kanpa
ZI Dingir ANNA Kanpa
Espírito da Terra Lembre-se!
Espírito do Céu Lembre-se!

Faça três respirações agora, apague as velas, e mantenha o símbolo do espírito em um lugar escondido. E, claro, não destrua-o.

Dentro de algumas horas estará apreciando a chuva!

0 Comentários: