FACEBOOK
CONTATO
FEED
YOUTUBE
TWITTER
LINKEDIN
EnglishFrenchGermanSpainItalianRussian

DIVERSÃO PARA O FILHO

Print Friendly and PDF



Seu Pai Divino, há muito divorciado da Deusa-Mãe.

O Pai cansara de ser escravo.

Brigavam muito esses dois.

O que motivava, geralmente, as brigas eram as escorregadelas do Pai servindo sempre de quatro às estrelas safadas que brilhavam mesmo depois de morrer.

Depois da milionésima escorregada, a Deusa-Mãe decidiu não perdoar mais. Fugiu pros bosques.

Nos bosques, conheceu o seu Filho, o Deus Cornífero. Pai Divino seguiu a Deusa-Mãe. Com um raio, fulminou o Outro no exato momento em que este transava com Sua Mãe. Como desconhecia o poder de ressurreição do Outro, sorriu. E foi embora. Não levou a Deusa-Mãe, pensando tê-la condenado à solidão.

Quando o Deus Cornífero ressuscitou, ressurgiu bem mais viril. E com maior furor deixou a Deusa-Mãe bem fraquinha.

Por isso que falam que o Deus Cornífero é Filho e Consorte da Incriada e Criadora Deusa-Mãe.

Deixemos a Mãe e vamos pro Pai que, sem a Mãe, deu pra estragar a criação do Filho.

Dera a ele aquele planeta cheio de rodovias pra que ele se divertisse.

Dera também um monte de famílias humanas.

Era para que de vez em quando ele atropelasse algumas, dando mais cor ao rosto do asfalto.

Quando cansava, recolhia o asfalto, mesmo sujo de sangue.

Guardava-o nos bolsos, bem dobradinho, enquanto andava de quatro no Éden sendo cavalgado por uma boneca de carne com a cara da Angelina.


http://prosamolhada.blogspot.com.br/2013/12/diversao-do-filho-no-transito.html

0 Comentários: