FACEBOOK
CONTATO
FEED
YOUTUBE
TWITTER
LINKEDIN
EnglishFrenchGermanSpainItalianRussian

[PDF & MP3] Atalanta Fugiens — Livro de Emblemas Alquímicos de Michael Maier

Print Friendly and PDF


Capa da Atalanta Fugiens
Publicado, pela primeira vez, em Latim, em 1617, este é um dos melhores e mais relevantes tratados alquímicos. A obra de Michael Maier (célebre alquimista e médico da corte do imperador Rodolfo II de Praga [Rendsburg, Holstein c. 1568 - Magdeburg 1622]) é ricamente ilustrada com gravuras originais de Matthäus Merian e é conhecida como o primeiro texto multimídia por conter poemas, epigramas, imagens, e cinquenta peças musicais que acompanham o texto; a parte musical ilustra o cenário do epigrama, seguida por uma exposição do seu significado. Maier tomou os lemas emprestados de outras antigas fontes alquímicas, cada emblema tem uma série de significados e expressam ideias da alquimia, medicina e do sistema Rosacruz.

  • ATALANTA FUGIENS.PDF

  • ATALANTA FUGITIVA

  • LA FUGA DE ATALANTA


  • Além disso, Maier buscou inspiração na mitología grega, especialmente na famosa compilação do poeta romano Ovidio; Metamorfoses. Lembram da bela e atlética Atalanta, eterna musa de Hipómenes? Conta a lenda que Atalanta somente se casaria com aquele que a derrotasse em uma corrida, obviamente ninguém o podia. Assim, o apaixonado, Hipómenes faz um pacto com Afrodite para que esta distraisse Atalanta com três maçãs de ouro do jardim das Hespérides, Afrodite assim o faz e Atalanta, em meio à corrida, recolhe as maçãs e Hipómenes ganha a corrida e a mão de sua tão amada ninfa. Reconhecemos esta história nas cinquenta gravuras acompanhadas por um lema, poema, ou epigrama, representando o percurso do ser ao auto-conhecimento, similar ao caminho d'O Louco no Tarot. De acordo com Joscelyn Godwid (compositor, musicólogo e tradutor, conhecido por suas revisões e re-edições de obras musicais da idade média): Tal e como Atalanta que foge, uma voz repentinamente escapa e é seguida por outra (Hipómenes). Ao entrar uma terceira voz as outras se estabilizam e sujeitam. As três vozes, presentes em cada fuga, representam os três princípios alquímicos, o Mercúrio, o Enxofre e o Sal. Também podemos perceber esta analogia nos três estados da vida do homem, de acordo com Maier: "O homem, cândido leitor, é, na opinião de todos, um compêndio do universo, devido a maneira pela qual é composto, e está destinado a viver três tipos de vida, a saber, a vida vegetativa no seio materno onde ele se desenvolve e cresce tal qual uma planta; a vida sensível, que ele leva neste mundo onde é conduzido especialmente por seus sentidos, como os outros animais dos quais se difere enquanto começa a servir-se de sua inteligência, ainda que de uma forma imperfeita; e por último a vida inteligível, noutro mundo, cercado por Deus e as inteligências que o assistem, os bons Anjos."

    Demasiado interessante, é. Contudo a verdadeira mensagem destas gravuras e epigramas está longe de ser completamente revelada, julgue por si mesmo e tire suas próprias conclusões, as ilustrações aqui mostradas são as mais famosas do mundo alquímico, a carga simbólica que possuem é fantástica.

    ARQUIVO

    TAMANHO/DOWNLOAD

    FUGA 1
    FUGA 2
    FUGA 3
    FUGA 4
    FUGA 5
    FUGA 6
    FUGA 7
    FUGA 8
    FUGA 9
    FUGA 10
    FUGA 11
    FUGA 12
    FUGA 13
    FUGA 14
    FUGA 15
    FUGA 16
    FUGA 17
    FUGA 18
    FUGA 19
    FUGA 20
    FUGA 21
    FUGA 22
    FUGA 23
    FUGA 24
    FUGA 25
    FUGA 26
    FUGA 27
    FUGA 28
    FUGA 29
    FUGA 30
    FUGA 31
    FUGA 32
    FUGA 33
    FUGA 34
    FUGA 35
    FUGA 36
    FUGA 37
    FUGA 38
    FUGA 39
    FUGA 40
    FUGA 41
    FUGA 42
    FUGA 43
    FUGA 44
    FUGA 45
    FUGA 46
    FUGA 47
    FUGA 48
    FUGA 49
    FUGA 50





    FONTES: https://archive.org/details/AtalantaFugiens

    http://thefaustorocksyeah.wordpress.com/2013/09/08/michael-maier-la-fuga-de-atalanta-atalanta-fugiens/

    http://www.anathemabooks.com/alchemy.shtml

    http://www.levity.com/alchemy/atl1-5.html

    0 Comentários: