FACEBOOK
CONTATO
FEED
YOUTUBE
TWITTER
LINKEDIN
EnglishFrenchGermanSpainItalianRussian

Xochiquétzal

Print Friendly and PDF





Xochiquétzal ou Xochiquetzalli na mitologia asteca é a deusa da beleza, das flores, do amor, do prazer amoroso e das artes. É uma deusa relacionada a fertilidade e a natureza, algumas vezes é retratada como filha ou esposa de Centéotl. Xochiquétzal, “flor preciosa”, nasceu dos cabelos da deusa - mãe.

As flores de malmequer são consagradas a ela. Xochiquétzal era invocada para que se conseguisse se recuperar de um desastre, obter inspiração, obter beleza e sensualidade, se livrar da timidez, para se ter prazer nas relações sexuais e conseguir um casamento estável.

Plumas, margaridas e pequenos azulejos com sua imagem eram as melhores oferendas para a deusa.

Ela é irmã - gêmea de Xochipilli. Seu primeiro marido foi  Tláloc, também foi casada com Ixotecuhtli o deus da liberdade, com  Piltzintecuhtli e com Centéotl. Também foi amante de Huitzilopochtli, Tezcatlipoca e  Quetzalcóatl.

Mito

 Nos mitos da criação ela é mencionada como mulher de Piltzintecuthli, filho do primeiro casal de humanos: Cipactónal e Oxomoco. Com Piltzintecuhtli teve um filho, Cinteotl, deus do milho, e em outros mitos  também gerou Nanahuatzin, que se sacrificou no fogo divino para se tornar o o Quinto Sol, e Xochipilli, outro deus das flores e do amor que era cultuado por homossexuais e prostitutas.
 Teve muitos consortes e amantes. Primeiro viveu em Tamoanchan, “cerro de la serpiente”, um paraíso localizado no primeiro céu, o Tlalocan, que foi localizado no cume do Cerro de la Malinche.
 Sua morada era um lugar muito belo e agradável ​​onde havia nascentes, rios, florestas e lugares de recreação. Neste paraíso também havia uma árvore florida, quem conseguisse pegar uma de suas flores ou simplesmente ser tocado por uma delas se tornaria um amante fiél e verdadeiro.
 Xochiquétzal era atendida por outras deusas e estava sempre acompanhada por muitos servos, fato pelo qual nenhum homem podia vê-la . Os seus servos eram anões, palhaços e corcundas que a divertiam com suas músicas e danças, mas que também serviam como seus fiéis mensageiros.

Representação

Xochiquetzalli é a representação da bela mulher que dá prazer sexual aos jovens e que representa a tentação para os homens castos, ela é naturalmente uma jovem mulher charmosa e alegre.

Pode ser considerada a encarnação da feminilidade, ela representa a juventude feminina.

Era a deusa padroeira dos artistas, músicos, prostitutas e dos afazeres domésticos.

A maior parte dos textos nahuas dizem que a deusa - mãe é uma deusa anciã, no entanto existe uma versão mais jovem da deusa. Segundo Henry B. Nicholson  esta versão é Xochiquétzal.



Sobre o Autor:
LORD KRONUS
LORD KRONUS
Admirador do Oculto e cinéfilo. azerate666@hotmail.com Confira mais textos deste autor clicando aqui

0 Comentários: