FACEBOOK
CONTATO
FEED
YOUTUBE
TWITTER
LINKEDIN
EnglishFrenchGermanSpainItalianRussian

O KARMA - Implicações e Comentários

Print Friendly and PDF


Muito bem, começando aqui, faz tempo que não escrevo nesse blog, então surge a inspiração através de uma conversa no facebook. Vamos lá então, o que é o Karma?

Primeiramente devemos estar atentos a etimologia da palavra, que quer dizer pura e simplesmente "trabalho". Mas que trabalho é esse, vamos prosseguir então. No contexto magicko, ocultista, sobe a questão.

Se você faz um trabalho magicko suficientemente forte e eficiente para que ele desenvolva um resultado, é lógico que isso vai ter um efeito, mais cedo ou mais tarde, dependendo do seu poder e habilidade.

A questão fundamental, é que trabalho você quer fazer e qual o efeito que quer ter. Também é importante salientar qual a egrégora (entidades e pessoas) na qual você vai atuar.

Causa e Efeito, eis a lei inexorável em nossa existência. Tudo que foi feito um dia terá efeito, em maior ou menor grau. Aqui também devemos lembrar a Teoria do Caos, na qual os resultado não são explicitamente determinados.

Quanto maiores e mais intensos os fatores envolvidos em cada questão, mais complexos serão as possibilidades de resultados.

Então se nesse momento em sua vida você esta pesquisando sobre esse assunto faça uma recapitulação de sua vida e reveja tudo que você fez, o que te trouxe até aqui. Medite e compreenda o que te fez o que você é hoje.

Assim, através de sua jornada que você possa encontrar uma direção, um caminho que seja o melhor para o seu futuro.

Bem deixo vocês com um simbolo que ajudou a tantos outros no passado a orientar: "Vegvisir (veja o caminho) é a “bússola” viking. Uma runa de proteção, derivada de Ægishjálmr – o elmo de Awe – o símbolo de proteção mais popular da era viking.

Vegvisir tem o poder de proteger as pessoas que viajam por águas desconhecidas, e deve ser desenhado com seu próprio sangue em um pedaço de couro. Antes de sair para as jornadas, deve ser pressionado na testa, entre os olhos, para que o viajante não se perca no seu caminho.
Folclore e superstições à parte, me identifico muito com esse símbolo. Primeiro porque sou  um viajante de águas desconhecidas, segundo porque sou um admirador da cultura viking."

Medite nesse simbolo e vibre seu nome:

 

0 Comentários: