FACEBOOK
CONTATO
FEED
YOUTUBE
TWITTER
LINKEDIN
EnglishFrenchGermanSpainItalianRussian

Veículos para o Psiconauta: A Máquina dos Sonhos

Print Friendly and PDF


image
      A Dreamachine ou Máquina dos Sonhos, inventada pelo poeta e pintor inglês Brion Gysin, consiste em um largo cilindro opaco com aberturas paralelas, que se coloca em posição vertical, fazendo-o girar de maneira contínua em velocidade uniforme. Dentro do cilindro há uma lâmpada muito luminosa. A luz da lâmpada estroboscópica chega através das aberturas de maneira intermitente até às pessoas posicionadas perante a ela.

      A posição das aberturas do cilindro e a velocidade de rotação do aparelho devem permitir entre 7 e 13 pulsos de luz por segundo. Isto se aproxima da frequência das ondas cerebrais alfa. Em sua forma padrão, a máquina gira a 78 rpm.

      A máquina de sonhos deve ser “vista” com olhos fechados, já que a luz pulsante estimula o nervo óptico e altera as oscilações elétricas do cérebro. O “espectador" experimenta visões de padrões de cor cujo brilho é incrementado pelas pálpebras fechadas. Os padrões se convertem em formas e símbolos que giram até que o espectador sinta-se rodeado por cores, assim proporcionando intensos estados alterados de consciência. Algumas vezes esta experiência pode ser muito intensa, com alucinações hipnagógicas, porém para sair basta abrir os olhos.

      Uma máquina de sonhos pode ser perigosa para pessoas com epilepsia fotosensivel ou outros distúrbios nervosos. Estima-se que uma a cada 10.000 pessoas experimentam um ataque ao utilizar o dispositivo, e em crianças se apresenta o dobro de casos. O uso de uma máquina de sonhos pode ser viciante e recomenda-se utilizar o dispositivo com moderação.

      Na imagem, W. S. Burroughs utilizando a máquina.

      Música para a prática com a Máquina de Sonhos:

0 Comentários: