FACEBOOK
CONTATO
FEED
YOUTUBE
TWITTER
LINKEDIN
EnglishFrenchGermanSpainItalianRussian

A Criação do Castelo para o Grande Sabá

Print Friendly and PDF


image
Versão de Robin Artisan

O Grande Sabá

      Este é o momento mais importante para o trabalho real. É quando a Lua está completamente cheia que o Grande Sabá toma lugar na área secreta.

      Esta noite está reservada para o trabalho mais importante de todos. Tudo que é feito nesta noite é para prosperar, ajudar a nós mesmos, à nossa família e povo, atrair proteção e poder para melhorar a vida em nosso trabalho e relações interpessoais, e todas as coisas que nos dão proteção, prosperidade e felicidade. É a noite na qual os membros do Grupo reafirmam seus juramentos. E também há uma festa.

Construindo um Castelo

      O é altar voltado para o norte. Todo o trabalho real é feito encarando o Norte. O mestre dá três passos para o norte, a partir da parte de trás do altar e crava sua espada no chão no ponto Norte. Ele irá pedir ao deus escolhido, o Antigo, com o qual trabalhará nessa noite, que conceda proteção, poder e sucesso para o trabalho real da noite. Ele pegará a espada e repetirá o processo dos três passos, a partir do lado direito do altar. Agora pedirá proteção, poder e sucesso para o Leste. Ele sacará sua espada do solo e irá para a frente do altar para repetir o processo para o Sul. Isto finalmente será repetido para o Oeste. O Mestre agora irá para o Norte e começará a erguer o castelo ou pátio. O fará desenhando uma linha imaginária a partir do Norte, começando de onde a espada estava cravada na Terra, depois o mesmo para o Leste, Sul, Oeste e de volta ao Norte.

      Agora o Mestre se dirigirá aos Antigos Deuses para dar sua assistência ao trabalho. A Senhora agora preparará o Altar com as ferramentas mágicas que serão usadas nesta noite, assim como tudo o que tem que ser purificado, pedidos de trabalho, etc.

      O Mestre agora convidará uma das mulheres para que use sua vassoura para selar o Castelo e banir qualquer força maligna que possa estar presente. A Senhora convidará um homem para fazer o mesmo com o bastão do bosque. A Senhora fará uma libação com o chifre branco em cada direção, fazendo pedidos aos Antigos Deuses como fez o Mestre. Finalmente, o Mestre coloca os taças nos pontos cardeais que representam seus elementos.

O Trabalho do Grande Sabá

      O Mestre agora recitará seu juramento enquanto está de joelhos diante o Altar. Quando houver terminado cravará seu punhal no solo. A Senhora agora lhe salpicará as mãos com Água do chifre branco. Também lhe salpicará as mãos com um pouco de Sal da taça de sal. Cada pessoa passará por este processo. A Senhora o passará por último, e o Mestre salpicará Água e Sal em suas mãos.

      O Mestre beberá do chifre branco e o passará, em sentido horário, a todas as pessoas para que bebam. Finalmente, a Senhora beberá do chifre. Ela lho sustentará com seus braços estendidos para o Mestre. Ele então fará um chamado ao Antigo Deus com o qual trabalhará, afundará o punhal e a Senhora fará uma libação sobre a Terra.

O Grande Rito

      Agora se solicitará o trabalho real. Todos os que têm trabalhos a serem levados a cabo, são chamados segundo seu título, pelo nome, um por um. O pedido e a descrição do trabalho serão lidos pela Senhora. O Mestre então chamará o Antigo Deus escolhido para que garanta o êxito do trabalho. Depois chamará o solicitante do trabajo ao Altar. O solicitante também chamará o Antigo Deus do trabalho. Todos observam agora o exterior do Castelo, a partir do interior de seus muros. O solicitante ajoelhará diante o Altar concentrando-se no êxito do feitiço. Seu punhal é sustentado apontando para o céu sobre sua cabeça. O Mestre, no Norte, se concentrará no êxito do trabalho. Em voz baixa, chamará o Antigo Deus para que lhe conceda sucesso no trabalho. Quando sentir o poder do Chamado, cravará seu punhal no solo. O solicitante fará o mesmo. Cada solicitante passará por este processo.

      O pedido é escrito em um pedaço de papel, porém também é possível incluir um amuleto sobre o papel ou um cordão. O pedido sempre passará de pessoa em pessoa, enquanto se observa além dos muros do Castelo. As pessoas estarão de joelhos e cada uma se concentrará no êxito de seu amigo. Quando sentirem o poder, cravarão seus punhais no solo. Quando o pedido chegar até a Senhora, ela fará o mesmo e o ciclo estará completo. Em seguida o Mestre queimará ervas relacionadas ao trabalho na taça de cobre para a queima de ervas, como é chamada. A Senhora dará o pedido e amuleto, ou cordão, etc., se houver, ao Mestre e ele o colocará nas chamas da taça para as ervas. Ele novamente solicitará o êxito do trabalho do solicitante. Quando o pedido, cordão e ervas houverem sido queimados, o solicitante deixará de concentrar-se e uma vez mais, cravará o punhal no solo.

      NOTA: Este rito pode ser feito individualmente ou para um desejo grupal.

      Quando o Grande Rito for finalizado, o Mestre agradecerá ao Antigo Deus por ajudar os solicitantes nessa noite. Todos lhe seguirão no agradecimento. Todos beberão do chifre branco como antes, enlaçados pela confiança e pela força. Agora será o momento para o festejo com cordeiro, frango, batatas, pães e cerveja negra, tão forte quanto escura.

Fonte: La Huella Hendida del Maestro Astado

0 Comentários: